contador de visitas

Hong Kong altera a política de imigração para atrair talentos de tecnologia financeira

Hong Kong altera a política de imigração para atrair talentos de tecnologia financeira

Em uma tentativa de atrair Fintech Especialistas para impulsionar o crescimento econômico, o governo de Hong Kong atualizou sua política de imigração para tornar mais fácil para tais talentos ir e trabalhar na região. Entre os especialistas que o governo da região chinesa incluiu na lista estão os campos de gerenciamento de ativos e tecnologia de contabilidade distribuída. Hong Kong tem políticas divergentes da China continental, onde as criptomoedas já foram banidas.

Como Hong Kong espera beneficiar-se da política de imigração atualizada

Nova política de imigração para tornar Hong Kong atrativa para profissionais de fintech

Recentemente, Hong Kong foi determinada a manter seu status de economia diversificada e com valor agregado. O governo está planejando atualizar sua política de imigração para impulsionar o movimento de “pessoas de qualidade” de diferentes partes do mundo para a região. Até agora, o governo já elaborou uma “Lista de Talentos” que inclui as carreiras em demanda da 11. Alguns desses profissionais estão na indústria de Fintech.

Em seu site, o governo disse que a nova lista inclui os talentos que acredita que irão melhorar o desenvolvimento econômico do país. Entre os profissionais, o governo tem como alvo arquitetos navais, engenheiros e especialistas em tratamento de resíduos. Além disso, o governo também considerou especialistas em blockchain e Crypto space.

Aqueles na lista de talentos não precisam de arranjo prévio de emprego

Para atrair mais profissionais na região, o governo anunciou que os membros da Lista de Talentos não precisam garantir uma oferta de emprego de empresas locais com antecedência. O Esquema de Admissão de Migrantes de Qualidade (QMAS) da região será responsável pela facilitação de imigração de indivíduos qualificados.

Agora, será fácil para os profissionais do espaço Blockchain e Crypto se movimentarem e trabalharem em Hong Kong. Especialistas legais, especialmente aqueles que lidam com casos de finanças internacionais e governo-investidor, também terão a chance de se mudar para a região. Outros profissionais incluem os de gestão de ativos, entre outros.

Nova política de imigração para tornar Hong Kong atrativa para profissionais de fintech

Como Hong Kong espera beneficiar-se da política de imigração atualizada

Embora a tecnologia blockchain esteja disponível há cerca de uma década, muitas empresas não adotaram a inovação. Recentemente, no entanto, mais indústrias de todo o mundo desenvolveram interesse na tecnologia. O governo de Hong Kong quer atrair especialistas nas tecnologias Blockchain ou ledger distribuído (DTL). Esses especialistas ajudarão a tornar Hong Kong atraente para as empresas baseadas no Blockchain e aquelas que desejarem mudar para a nova tecnologia.

O governo disse que o novo movimento visa aumentar a vantagem competitiva do país. Hong Kong agora atrairá talentos internacionais que ajudarão no desenvolvimento dos talentos locais e da economia em geral.

Segundo o governo, o movimento desses profissionais melhorará muito a vantagem competitiva do país. Hong Kong agora atrairá talentos internacionais que ajudarão no desenvolvimento dos talentos locais e da economia em geral.

Nos próximos anos, mais empresas estarão procurando os melhores talentos no espaço Crypto e Blockchain. Hong Kong será o destino número um para a maioria dessas empresas, devido à abundância do talento. A economia do país então se expandirá quando tais empresas mudarem suas operações para lá.

Os planos de Hong Kong para atrair profissionais no espaço Blockchain e Crypto ocorrem em um momento em que a China continental baniu as moedas virtuais. Desde a introdução da proibição no continente, Hong Kong viu um influxo de investidores e empresas chinesas Crypto que aumentaram o crescimento do setor no país.

anterior "
Próximo »